Conteúdo de ouro para empreendedores de sucesso

Blog Doria Contabilidade

Plano de Negócios Simplificado: Descubra como fazer o seu agora mesmo!

Plano de Negócios Simplificado: Descubra como fazer o seu agora mesmo

Muita gente já ouviu falar do famoso plano de negócios, não é mesmo? Afinal, temos aqui uma ferramenta bastante difundida no mundo do empreendedorismo. Contudo, muitas pessoas têm extrema dificuldade na elaboração de um plano de negócios, exatamente por acreditar que é necessário realizar uma plano completamente complexo e repleto de projeções de cenário etc. Na realidade, isso é apenas uma parte da verdade. Um plano de negócio que contemple diversas situações é, obviamente, mais útil. Mesmo assim, é possível alcançar resultados muito interessantes criando um plano de negócios simplificado.

Desse modo, resolvemos criar este post para lhe mostrar como criar um plano de negócio que realmente irá lhe ajuda, sem que você tenha que perder horas e horas na elaboração do mesmo. Portanto, se você está pensando em abrir uma empresa, não deixe de conferir esse passo a passo incrível que criamos para você… Vamos começar?

Por que fazer o plano de negócios simplificado?

É óbvio que você já deva saber os motivos para se fazer um plano de negócios. Entretanto, nunca é demais elencar os motivos para a realização desse documento tão importante. Assim sendo, podemos definir um plano de negócios como um documento onde são registrados, com base em estudos e pesquisas, os passos a serem seguidos pelo empreendedor em busca do objetivo do negócio.

Isto é, até mesmo um plano de negócios simplificado é capaz de estabelecer as diretrizes para a gestão do seu negócio. Com isso, você terá formas de “prever” as situações de risco do seu negócio, o comportamento da competição, suas forças, fraquezas e muito mais…

Por motivos óbvios, quanto mais bem fundamento seu plano de negócios for, mais seguro ele será. (E mais útil). Entretanto, como faremos um plano de negócios simplificado, vamos nos ater aos pontos mais importantes e abordá-los de forma genérica.

Mesmo assim, não vá pensando que, por ser um plano de negócios simplificado não há necessidade de realizar pesquisas e estudos. Pense assim, o tempo que perderá criando um plano de negócios bem fundamentado será compensado depois, quando seu negócio estiver em pleno funcionamento. Afinal, você terá um guia perfeito para utilizar em seu dia a dia e poupará bastante tempo em determinadas decisões. Agora… Vamos trabalhar!

Elaboração do Plano de Negócios Simplificado

Ok! Agora que já sabemos o que é um plano de negócios podemos dar início à criação do documento. Assim sendo, comecemos com a sua ideia inicial. Isto é, o negócio que tem em mente. Pense nele e responda às seguintes perguntas:

  • Qual é o seu negócio? Ideia, setor, ramos, atividade, etc.?
  • Por que decidiu escolher esse negócio?
  • Você conhece seus clientes? Sabe quem são eles, onde estão, etc.? Ou sabe onde encontrar clientes em potencial?
  • Conhecendo os seus clientes, você sabe quais são as necessidades deles? O que eles procuram?
  • Como você, com seu negócio, poderá atender às necessidades dos seus clientes da melhor forma possível?

Conforme irá perceber, mesmo um plano de negócios simplificado é capaz de incitar diversas reflexões. Contudo, é necessário atentar para o fato de que tais questões devem ser respondidas com detalhes, dados e argumentos. Isto é, não há espaço para “achismos”, a não ser que você queira um plano de negócios “furado”. Aliás, lembre-se é possível acrescentar mais questões em seu plano, pois as que apresentamos são apenas as essenciais. Afinal, trata-se de um plano de negócios simplificado.

Plano de negócios simplificado: o marketing, o mercado e os concorrentes

Agora vamos começar a abordar alguns pontos específicos do plano de negócios. Desse modo, podemos começar pelo marketing. Por favor, nesse caso, estenda como marketing o conceito geral e não apenas a forma que irá utilizar para divulgar seu produto. Isto é, considere as descrições do seu produto ou serviços, seus diferenciais, as formas de distribuição, sua previsão de vendas, etc.

Tente analisar a sua concorrência e ver onde o produto dele falha. Esse será o ponto onde você deverá focar seus esforços. Esse será o seu diferencial. Pense também no preço ideal para o seu produto. Se possível, realize algumas pesquisas com possíveis clientes e, novamente, observe a concorrência.

Podemos incluir aqui uma avaliação do mercado. Contudo, perceba que você não deve avaliar o mercado com um todo, você deve avaliar a parcela do mercado que está disponível para a sua atuação. Isto é, o mercado que você terá condições de atingir, aqueles clientes que deixarão de comprar com o seu concorrente para comprar com você.

Aliás, falando em concorrentes, conheça-os bem. Veja quais são os concorrentes mais fortes e descubra a razão dessa força. Tente verificar o que eles oferecem em termo de diferencial e pense em formas para superá-los.

Conforme pode notar, a princípio, tudo parece ser bem simples, mas não se engane, encontrar as respostas a todas essas questões demanda muitos estudos e pesquisas. Obviamente, por ser um plano de negócios simplificado estamos resumindo as informações.

Plano de negócios simplificado: Investimentos, operações e custos

Agora chegamos ao momento de contar os recursos disponíveis e realizar algumas análises financeiras. Sendo assim, sugerimos que tente realizar um levantamento de todos os recursos financeiros em uma projeção de 12 meses. Desse modo, você terá como pensar de forma mais abrangente e considerar diversos fatores.

Lembre-se que seu negócio estará apenas começando, por isso, quando for pensar nos investimentos que terá que fazer, considere a necessidade de realizar aportes para manter o negócio até que ele possa estar consolidado.

Nesse ponto, considere todos os itens que serão necessários para colocar a empresa em pleno funcionamento. Equipamentos, móveis, veículos, estoques, etc. Considere também os custos que você terá mensalmente quando a empresa estiver em funcionamento. Isto é, salários, despesas de manutenção, serviços públicos, etc.

Por fim, tente projetar o retorno esperado a cada mês para ter um objetivo claro diante de você. Com isso, seu plano de negócios simplificado funcionará como um grupo de metas a serem alcançadas.

Plano de negócios simplificado: Mãos à Obra!

Neste post, fizemos o possível para lhe apresentar o passo a passo para a criação de um plano de negócios simplificado. Conforme pôde perceber, nossa intenção foi estabelecer os fundamentos básicos e os pontos mais importantes para lhe ajudar a criar esse documento tão importante.

Em suma, esperamos que consiga realizar suas pesquisas de forma satisfatória e que elabore um plano de negócios simplificado que seja capaz de lhe ajudar a dar os primeiros passos em busca do seu sonho empreendedor. Caso deseje contar com o apoio de profissionais de qualidade, não deixe de falar conosco. Ficaremos felizes em ajudar. Mesmo assim, boa sorte!

Gostou desse post? Então compartilhe...

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Receba Nosso Conteúdo de Ouro

Contabilidade Sem Complicações
Descomplique Agora!
Abra a Sua Empresa Agora!
Comece com o pé direito!
Gestão do eSocial Doméstico
Deixe conosco!

Consultas Diversas

Quer realizar consultas de CPFs em diversos órgãos, como o Detran, Serasa, etc? Fale conosco e experimente uma solução rápida que oferecemos especialmente para você!

Tem alguma dúvida?

Deixe a sua mensagem e criaremos conteúdos para atender às suas necessidades!

Doria Contabilidade © | 2018 | Todos os Direitos Reservados